Escritos do Maninho, poemas, letras de música, pensamentos, textos…….Enfim, a vida do Maninho….

Seria tudo mentira?

Alguns instantes parecem ganhar privilégios do tempo, tornando-se perpétuos e intactos dentro de nossa memória.
Aquela tarde andava lenta e morna como todas as tardes dos outonos da cidade maravilhosa, e até os mosquitos procuravam descansar do ar úmido e denso que rodeava as crianças. Ficar sentado era difícil, e pensar era tarefa impossível, quando todos só queriam olhar para os ponteiros do relógio de parede que também parecia compartilhar da preguiça da tarde.
A imaginação nos permite congelar esse momento, e deixá-lo na eternidade. Nenhuma criança ferida, nenhum estouro de balas. Aqui elas continuam sorrindo, elas continuam sonhando.
Seriam todos anjos perdidos, que agora se permitem voar, libertados do instante sofrido que só em nossas mentes existe?
Apagou, apagou. Minhas mãos fazem o gesto para acabar.
Por um segundo me deixo enganar, e penso que melhor seria se tudo fosse mentira.

 

PS: artigo escrito a pedido da minha amiga Luciana Seloy…

Anúncios

7 Respostas

  1. Muito bom… abç

    abril 14, 2011 às 2:37 pm

  2. Andreia

    Pra variar, muito muito bom…

    abril 14, 2011 às 2:42 pm

  3. É bem complicado mesmo essa situação. Vejo que as pessoas têm tentado encontrar uma explicação lógica para o episódio, porém, não há lógica que resolva a mente de uma pessoa doente a ponto de fazer o que fez. Sinceramente, não sei bem se isso é bom ou é ruim, pois se por um lado nos deixa imaginando que não foi apenas um ato brutal e consciente, mas um devaneio qualquer proveniente de uma mente doente, também deixa as famílias das vítimas ainda mais desoladas, pois não tem jeito de se conformar com algo que não somos capazes ao menos de especular uma explicação. São mistérios da existência humana. A única coisa que sei (e que me conforta) é onde estão agora aquelas crianças. A nós e aos familiares que ficam, nos resta voltar os olhos pra Deus e confiar esses pequenos ao Seu amor.

    abril 14, 2011 às 5:38 pm

  4. Ao tentar encontrar sentido na dor, nos deparamos com o absurdo…
    Bom seria se não fosse mesmo alguém capaz de tamanha insanidade.
    Mas não foi mentira, e nos resta apenas buscar consolo nos braços do Pai, onde certamente esses anjos estão agora…
    Obrigada meu amigo por emprestar poesia à dor de tantos…

    abril 14, 2011 às 8:09 pm

  5. Erick Augusto

    Com certeza, todos nós queríamos que fosse mentira, que tudo estaria no lugar no outro dia, mas o que nos consola é saber que todos descansam nos braços de Quem os desenhou.

    abril 14, 2011 às 10:14 pm

  6. Eduardo

    Muito lindo o escrito, que Deus abençoe você, suas idéias e os que te seguem para sempre.
    O povo brasileiro necessita de palavras do bem e para o bem. Abraços.

    abril 14, 2011 às 11:13 pm

  7. Renata Juliana Oliveira Ber

    Bom seria se não precisássemos nos preocupar tanto com as coisas do mundo, as tragédias, as injustiças , a falta de amor, a falta de eus das pessoas a nossa volta.
    Bom seria se nós, como pais, pudéssemos dormir mais tranquilos com nossos pequenos sem nos preocupar tanto com o futuro deles, se pudéssemos deixá-los numa festinha de aniversário sem nos preocupar com os perigos das ruas.
    Bom seria se as crianças pudessem ser apenas crianças………

    abril 15, 2011 às 10:22 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s