Escritos do Maninho, poemas, letras de música, pensamentos, textos…….Enfim, a vida do Maninho….

Quando amanhecer

Ontem tive uma experiência interessante….

Fiz uma música pra uma cantora de São Paulo, amiga que conheci a poucos dias.

Quando enviei a letra ao Padre Rodrigo, de Brasília, grande amigo e parceiro, ele simplesmente transformou a música somente interpretando ela de outra forma.

De uma música religiosa ela passou a ter vários significados, e o mais bonito, ao meu ver, era que meu filho, de 10 meses, tinha ganhado voz dentro da música, ao cantar para a mãe dele…

Ganhei um presente quando entendi a música desse jeito…
Aí está a letra dela…
Abraço a todos

” Quando amanhecer

Quanto mar que cabe em mim
Lanço-me sem ver
Onde os pés não podem ir
Parto sem saber
Quero adormecer ouvindo tua voz

Quantas noites meus amores
fico a proteger
Em meus pensamentos mansos
Guardo um tudo, um bem
Quando enfim buscar no alto a voz
Quando amanhecer e houver amor
Quando as mãos tocarem-se
Algo vai acontecer

Que tua paz invada
Que teu bem me afronte
Que tua verdade encontre enfim lugar
Em mim”

Anúncios

10 Respostas

  1. Sem palavras…

    março 9, 2010 às 9:43 pm

  2. Ouvi de novo a canção, olhando por esse prisma… Realmente ganhou novo sentido. E mais lindo… Não enterra o talento, primo!

    março 9, 2010 às 10:39 pm

  3. Minha resposta a essa canção..são minhas lágrimas…

    Que tua paz invada, que teu bem me afronte, que tua verdade encontre enfim lugar em mim… faço dessa canção minha oração…e reforço meus ideais… obrigada..mesmo me conhecendo tão pouco…vc soube traduzir em palavras o meu coração.

    março 10, 2010 às 3:25 am

  4. o.O

    No words!

    Fico impressionado como a música nos aproxima de Deus e dos irmãos!!

    Afinal, a música como arte busca a beleza. Eis a Beleza: Deus!

    Contunui nos aproximando dele!!!

    março 10, 2010 às 10:10 am

  5. Tânia

    ahh Maninho, sem palavras

    março 10, 2010 às 3:44 pm

  6. vc sabe que alguns amigos ficaram com ciúme de uma música assim, particular…

    Mas, serinho, to com saudade viu?
    Abs

    março 28, 2010 às 2:40 am

  7. ALEX SANDRO

    MANIHO ADIMIRO MUITO O SEU TALENTO QUE NA VERDADE E DOM DE DERUS

    abril 12, 2010 às 9:04 pm

  8. SNOOP

    Essa música é tudo…. me fez entrar em mim mesma e entender coisas q me atormentam e assim compreendê-las…. e assim poder dizer: “Que tua paz invada
    Que teu bem me afronte
    Que tua verdade encontre enfim lugar
    Em mim”
    obrigada!! admiro muito o trabalho do Maninho, o qual através da música nos traz essa Paz q a música revela na letra, na melodia…. e em cada nota q a compõe!!

    julho 25, 2011 às 10:24 pm

  9. Diogenes

    Muita linda a letra e melodia, fico triste porque você só veio apenas uma vez a São Luis do Maranhão, parabéns sua musicas são todas muito lindas, sei todas… hahahaha. Espero sua vinda novamente a São Luis. Paz e Bem.

    agosto 13, 2013 às 1:41 pm

  10. Maninho boa tarde!

    Li o que escreveu acima e gostaria de dizer que encontrei nesta música uma paz de verdade.

    Minha avó Tarcília , estava na UTI devido há um AVC, que ela sofreu no dia 18.03.15, pois bem vê-la na situação em que se encontrava era muito difícil para todos da família, mas para nós que estávamos perto, pois morávamos na mesma cidade e bairro, foi ainda muito mais.
    Os médicos diziam que era muito difícil ela voltar do coma e se voltasse iria vegetar.
    Maninho sou ativo na igreja, prego, arranho violão, tenho algumas canções, mas nada disso foi suficiente para me manter bem diante deste quadro.
    Gosto muito de música, e um dos cantores que mais gosto é você, devido as letras e arranjos que me fazem refletir muito.
    Fui buscar uma música que me ajudasse, pois não conseguia rezar, mas jamais me revoltei com Deus.
    O Espírito Santo me apresentou esta música, há 03 semanas atrás e no dia 30.03.2015, fui visitar a minha avó no hospital, confesso que quase tinha um infarto de vê-la, mais tinha que estar lá, mas naquele dia ouvi esta música o dia inteiro e na visita foi diferente das outras vezes, pois fiquei calmo e refletia na letra, conversei com ela mesmo sabendo que não podia me ouvir e dizia para ela que se quisesse ir que poderia ficar tranquila, pois ia cuidar de tudo.
    Deste dia eu iria voltar somente na sexta dia 03.04, mas na missa do dia 02 quinta-feira Santa, no momento da comunhão eu falei assim para Deus “Senhor só o Senhor pode dar ou tirar a vida, então se o Senhor resolver levar minha vó, podia ser na domingo da ressurreição, mas o Senhor quem sabe”, foi tranquilo. Ao chegar na minha casa, minha tia ligou dizendo que minha avó tinha partido exatamente às 20:30, momento da comunhão.
    Chorei muito, mas me lembrei da canção e refleti assim:

    Quanto mar que cabe em mim
    Lanço-me sem ver
    Onde os pés não podem ir
    Parto sem saber
    Quero adormecer ouvindo tua voz

    Seu coração era enorme, ela estava começando uma nova etapa de sua vida, estava se lançando sem ver , para um lugar onde seus pés jamais a tinham levado, estava partindo, adormeceu ouvindo o som da minha voz.

    Quantas noites meus amores
    fico a proteger
    Em meus pensamentos mansos
    Guardo um tudo, um bem

    Quantas noites em que posava com ela no hospital, ou na casa dela, eu vi ela mandando beijo para a imagem de Maria e falava o nome de todos da família, nos recomendando à Deus.

    Quando enfim buscar no alto a voz
    Quando amanhecer e houver amor
    Quando as mãos tocarem-se
    Algo vai acontecer

    Vejo esta estrofe como um pedido à nossa família, para que nos aproximássemos ainda mais e buscássemos a Deus, pois muitos de minha família não querem saber de Deus e como neste últimos dias vi grandes momentos deles de encontro com Deus.

    Que tua paz invada
    Que teu bem me afronte
    Que tua verdade encontre enfim lugar
    Em mim”

    O refrão realmente tomei para mim, pois a paz que vem de Deus invadiu a minha alma, o bem de Deus me afrontou me mostrando que a vontade d’Ele é infinitamente melhor e que a maior verdade que vem de Deus “não sou, não somos nada sem DEUS” encontrou lugar no meu coração.

    Obrigado Maninho, por ter sido canal da graça na minha vida e me ajudar a enfrentar a morte com mais profundidade e entendimento.
    Deus o abençoe, de seu admirador e espero que um amigo.

    Fabiano Pires
    Londrina – PR.

    abril 8, 2015 às 4:32 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s