Escritos do Maninho, poemas, letras de música, pensamentos, textos…….Enfim, a vida do Maninho….

Amor de Esquina

                

                O dia era chuvoso, e os sapatos faziam um som em contato com a calçada, espalhando gotas pela rua, deixando pegadas que desapareciam em segundos.

                O caminho ele não sabia, mas era movido por um sentimento de falta, algo que conseguia traduzir somente com uma palavra: Saudade.

                Quando o vento o alcançava de lado, trocava os passos, segurando a jaqueta com a mão, escondendo o rosto, mesmo sem ter vergonha do que fazia. Buscava um alívio, buscava uma cura.

                Quando chegou à porta da casa, viu aqueles olhos através da janela. Prendeu a respiração durante alguns segundos.

                Olhou, sorriu, respirou.

                Voltou…

Anúncios

8 Respostas

  1. Drika/SP

    Olá Maninho…
    Bom dia… Como seu site esta lindooo…
    Amo suas poesias, suas musicas e tudo mais…
    Que Deus continue abençoando você e sua familia..
    Forte abraço
    Drika/SP

    abril 17, 2008 às 1:05 pm

  2. Fala Maninho, tava pesquisando uns blogs e achei essa pérola… parabéns!
    Tá a fim de uma troca de links? Tb tenho um blog de textos, posso linkar pra vc e daí vc linka pra mim.
    Deixa um comment no meu blog se quiser!

    Abraço!

    abril 17, 2008 às 2:18 pm

  3. Muito bonito esse pequeno conto. Fez uma composição bem interessante com a foto.
    Saudade é uma das coisas mais angustiantes que há, e cuja solução é sempre única.

    abril 17, 2008 às 3:02 pm

  4. Meire

    Tempo, poeira, frio, tardes de outono, tristezas e alegrias
    Tudo isso dá liga à palavra saudade,
    Tudo isso levou-me a ter saudade de um lugar onde não estive.
    Não sei como explicar,mas sei que ela me serve de combustível.

    abril 22, 2008 às 1:33 pm

  5. Lorena/VV

    Lindo, a saudade é algo inexplicável, mas dá um sabor especial a vida.

    Quando puder escreve mais sobre isso! 😀

    abril 23, 2008 às 2:58 am

  6. Karine Luiza

    Oi amigo, a qto tempo!td bem ctg???fazia tempo que não pudia acessar o seu site, agora que estou de volta, quero dizer que está lindo!Parabéns e que o Senhor cada vez mais abra os caminhos para você!E que este caminho chegue até aqui em Fortaleza…e que eu tenha a sorte de participar dessa vez…rsrs..abraços…

    abril 23, 2008 às 3:33 pm

  7. Vania

    Maninho, lindos poemas, esse sobre a saudade é incrível. Pude conhecê-lo pessoalmente domingo (20/04/08) em Auriflama-SP, vc esteve prestigiando o grupo de teatro juntamente com a banda Arkanjos, vc é uma bênção de Deus, e que Ele continue abençoando vc e sua família.
    Beijão!!!

    abril 24, 2008 às 2:01 pm

  8. Carol Volpe

    OI meu querido suas palavras realmente compoem uma bela imagem. Não esqueça do nosso pacto.
    Um Pacto: “Que eu seja tuas mãos a escrever, e que tu seja meus olhos a fotografar.”

    abril 24, 2008 às 10:58 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s